12.27.2010


Acho que vou embora. Sim, acho, ainda não tenho a certeza ou pelo menos tento-me enganar, porque lá no fundo sei bem que vai ser isso que vai acontecer. Não vou porque quero, não vou de livre vontade mas também não vou obrigada, vou triste e arreliada que é como me sinto neste momento. Queria não estar a tomar esta decisão, mas não vejo outra opção, as coisas aqui não estão a correr bem e não posso continuar nesta situação, faz-me mal a mim e como tal aos que me rodeiam e não têm culpa. Digo que (acho) que vou mas não me imagino a deixar tudo que tenho para trás, não sei onde vou arranjar coragem para seguir com esta decisão adiante mas é o que vai acontecer. Só queria que isto não passasse de um pequeno pesadelo e a solução fosse tão simples como acordar.

7 comentários:

  1. Um dia a solução acaba por nos surgir (:

    ResponderEliminar
  2. pensa primeiro em ti, no teu bem estar... de certeza que vais tomar a melhor decisao.
    muita força!

    ResponderEliminar
  3. Faz o que te diz o coração. Força! :)

    ResponderEliminar
  4. Bem, o ano está mesmo no fim dos fins e eu quero desejar boas entradas e que sejas muito feliz. Não desperdices nenhuma oportunidade que te for dada e ultrapassa todos os obstáculos de cabeça erguida. Beijinhos, Ana Catarina

    ResponderEliminar